Notícias

Mensagem do Presidente Nacional Jovem Outubro Rosa 2021

por PSDC em Notícias


Mensagem do Presidente Nacional Jovem Outubro 2021

Outubro chegou ao Brasil trazendo esperança, amor e preocupação.

O avanço da vacinação aos poucos vai reestabelecendo a vida ao normal e o ânimo nacional já começa a mudar positivamente. Porém algumas coisas não voltarão atrás, como as quase 600 mil vidas perdidas para a COVID19 e os avanços tecnológicos, principalmente no mundo do trabalho.

Outubro também é o mês Rosa!

O Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e mais recentemente sobre o câncer de colo do útero.

No Brasil, as campanhas de conscientização sobre o câncer de mama acontecem desde 2002, mas foram instituídas por lei federal apenas em 2018. E, a partir de 2011, ocorrem campanhas sobre o câncer de colo do útero em diversos estados. A publicidade adotou o tom de rosa como motivador de campanhas no período, e ações em mídias sociais também tendem a ser reforçadas durante este mês.

Sobre a questão da pandemia, em uma análise conjuntural, o sociólogo, médico e professor de Ciências Sociais e Naturais da Universidade de Yale, nos EUA, Nicholas Christakis, diz que no ano de 2024, podemos finalmente entrar em uma era pós-pandemia.

Em seu novo livro, Apollo’s Arrow: the Profound and Enduring Impact of Coronavirus on the Way We Live, Nicholas analisa os efeitos da pandemia na sociedade a partir de uma perspectiva histórica e se debruça sobre o que pode acontecer nos próximos anos.

Considerado pela revista Time uma das 100 pessoas mais influentes do mundo e pela revista Foreign Policy como um dos 100 maiores pensadores globais, Christakis é uma voz respeitada no ambiente acadêmico. Por isso, suas expectativas em relação às transformações sociais e o futuro da humanidade normalmente geram repercussão.

Para ele, depois de enfrentar o impacto biológico da pandemia em 2021, a humanidade terá de lidar com as consequências sociais, psicológicas e econômicas do vírus por um período bem maior antes de efetivamente entrar no que pode ser considerado uma era pós-pandemia.

“Se você olhar para o que aconteceu nos últimos 2 mil anos, quando as pandemias acabam, há uma festa. É provável que vejamos algo parecido no século 21.”

E acrescenta: “As coisas vão continuar ruins por algum tempo. Inventamos uma vacina, o que é algo milagroso, porque somos a primeira geração de humanos capazes de criar, em tempo real, uma resposta. Isso nunca havia acontecido na história. (…) E, mais importante, convencer as pessoas para que se vacinem.”

A vacina já tem dado resultados, salvando vidas, e a nossa missão é continuar conscientizando as pessoas e defendendo a importância da vacinação, não só contra a COVID19, mas sim de todas as vacinas, que no Brasil, graças a Deus, temos acesso gratuito pelo SUS.

Sobre a conjuntura econômica brasileira atual, a recuperação da atividade econômica dos efeitos da pandemia continua ocorrendo de forma heterogênea. Por um lado, serviços e comércio têm se beneficiado da melhora das condições sanitárias. Por outro, a indústria apresenta resultados negativos em parte devido aos mesmos choques de oferta que afetam a inflação, como escassez de matérias-primas e custos de energia.

O mercado de trabalho vem dando sinais positivos e já registra a menor taxa de desocupação dessazonalizada desde maio de 2020, mas ainda apresenta indicadores gerais em níveis desfavoráveis. As condições gerais do mercado de crédito têm mostrado estabilidade e será importante monitorar os efeitos do aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nos próximos meses.

Por fim, o setor externo tem apresentado desempenho positivo, com aumento das exportações e diminuição do déficit em transações correntes. Enquanto isso, a taxa de câmbio se mantém desvalorizada e volátil.

Nesse contexto, a previsão da Dimac/Ipea para o crescimento do PIB em 2021 permaneceu inalterada – ficando em 4,8%. Projetam um crescimento interanual de 4,6% no terceiro trimestre e um avanço de 0,2% na margem.

Na vida cotidiana o preço dos combustíveis está altíssimo como nunca, e o preço dos alimentos não para de subir. O fantasma da superinflação volta a assombrar nosso país, e é nosso dever, enquanto jovens brasileiros, estarmos atentos à realidade atual e impedir que os maus tempos voltem e desestabilizem nossa economia.

Esperança, preocupação e amor ao Brasil são as chaves que norteiam este outubro. O que esperar dele? Dias difíceis, mas de luta por um futuro melhor para o nosso povo brasileiro.

Com amor,

Brasília, 01 de Outubro de 2021

 Marcos Willian Loiola da Costa

Presidente Nacional da Juventude

Democrata Cristã

Não há comentários até o momento

Faça seu comentário

Destaques

Nossos Líderes

  • Leuroy de Camargo Campos Silva

    Presidente PSDC Jovem - Paraná

  • Talita Eymael Latães

    Presidente do PSDC Jovem - São Paulo

  • Erik Barros

    Presidente Estadual do PSDC - Jovem do estado de Sergipe

Nossos Deputados

  • João Peixoto

    Deputado Estadual do Rio de Janeiro.
    Eleições 2018: Reeleito.

  • Jory Oeiras

    Deputado Estadual do Amapá
    Eleições 2018: Eleito

  • Marcelo Cabeleireir

    Deputado Estadual do Rio de Janeiro
    Eleições 2018: Eleito

  • Zé Carapô

    Deputado Estadual de Goiás
    Eleições 2018 : Eleito

  • Elizeu Nascimento

    Deputado Estadual do Mato Grosso
    Eleições 2018: Eleito

  • Ullysses Moraes

    Deputado Estadual do Mato Grosso
    Eleições 2018: Eleito

  • Rafael Gouvei

    Deputado Estadual de Goiás
    Eleições 2018: Eleito